Prefeitura já entregou cerca de 500 telhas para famílias atingidas pelo temporal em Santa Maria

Prefeitura já entregou cerca de 500 telhas para famílias atingidas pelo temporal em Santa Maria

As entregas tiveram início ainda na tarde de terça-feira e novas distribuições ocorrem nesta sexta

Agostinho Piovesan

Já foram entregues aproximadamente 500 telhas de fibrocimento a famílias em situação de vulnerabilidade

publicidade

A administração municipal de Santa Maria, região Central do Estado, informou que já foram entregues aproximadamente 500 telhas de fibrocimento a famílias em situação de vulnerabilidade atingidas pelo temporal do último domingo e madrugada de segunda-feira. Nesta quinta-feira, as equipes distribuíram 196 unidades no bairro Tancredo Neves. As entregas tiveram início ainda na tarde de terça e novas entregas de telhas ocorrem nesta sexta-feira. O trabalho é realizado pelas equipes da Defesa Civil.

Conforme detalhamento da Defesa Civil, até esta quinta-feira, também já foram entregues 1.790 metros de lona, 18 cestas básicas e foi realizado atendimento para 175 famílias. Há registro de mais de 175 casas destelhadas de moradores que necessitam de ajuda.

Segundo o superintendente da Defesa Civil, Adão Lemos, nenhuma pessoa está desalojada ou desabrigada. “Na quinta, a Defesa Civil recebeu um reforço para ajudar as famílias que tiveram prejuízo em suas residências e estão em situação de vulnerabilidade social, e o Banco de Alimentos de Santa Maria doou 100 cestas básicas”, disse. Ele informou, ainda, que durante a entrega de telhas, a Defesa Civil também realiza um cadastro de cada família para saber a real necessidade e, após, são feitas as entregas das cestas com alimentos.

Lemos disse que, para que não ocorra falta de material, solicitou ao Executivo municipal a compra imediata de 1.000 telhas de seis milímetros, 500 telhas de quatro milímetros e 300 cumeeiras. “Estamos trabalhando para entregar a maior quantidade possível de telhas, pois há previsão de instabilidade do tempo e mais chuva para este final de semana”, observa. Ele lembra, ainda, que é importante a comunidade se unir a esta corrente de solidariedade e continuar doando roupas, materiais de higiene e colchões. “Há famílias que tiveram prejuízo e necessitam da nossa ajuda”, afirma.

A Central de Solidariedade, no Centro Desportivo Municipal (CDM), continua recebendo doações de materiais de limpeza, produtos de higiene pessoal, roupas, roupas de cama e colchões.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895