Presídio Estadual de Dom Pedrito tem surto de coronavírus

Presídio Estadual de Dom Pedrito tem surto de coronavírus

Foram suspensas por 15 dias audiências, visitas e até mesmo o contato com os advogados

Angélica Silveira

publicidade

Na última semana, 29 detentos do Presídio Estadual de Dom Pedrito testaram positivo para a Covid-19. Conforme o diretor da casa prisional, Dilson Garcia Pereira, no local havia em torno de 200 detentos e todos aqueles que testaram positivo estavam na galeria B. “Na última quinta-feira fomos realizar um atendimento em um apenado que se queixou de sintomas semelhantes aos do coronavírus. Realizamos contato com a Secretaria de Saúde da cidade que realizou o teste nele”, relata. Como o resultado deu positivo, outros oito presos que ficam na mesma cela também foram testados e tiveram resultado positivo para o vírus. No mesmo dia foram realizados outros testes aleatórios e foram detectados outros 12 casos positivos. “Após isto fizemos novo contato com a Secretaria de Saúde do município e realizamos desinfecção na galeria”, conta.

A direção do presídio acredita que o vírus tenha entrado no local por meio da sacolinha com alguns itens que os presos recebem duas vezes por semana. “Acreditamos ser esta a opção, pois não há funcionários contaminados e as visitas estavam sendo realizadas conforme portaria da Susepe. Este mês não tinham ocorrido visitas ainda”, relata. Com a contaminação foram suspensas por 15 dias, a contar da última quinta-feira, audiências, visitas e até mesmo o contato com os advogados. Todos os detentos positivos para a Covid-19 seguem isolados com sintomas leves. “Seguimos monitorando aqueles que testaram negativo, pois podem apresentar sintomas”, observa. Todos os detentos e agentes que trabalham no presídio já foram vacinados contra o coronavírus. “Tomamos todas as precauções na entrada dos presos desde o início da pandemia”, garante.

Tanto aqueles que são presos em flagrante ou por ordem judicial ou ainda os que são transferidos de outros presídios cumprem uma quarentena de 14 dias em isolamento. Após isto eles realizam um teste de coronavírus que deve dar resultado negativo antes de entrarem nas galerias.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895