Projeto promove oficinas para população em situação de rua de Novo Hamburgo

Projeto promove oficinas para população em situação de rua de Novo Hamburgo

Nesta sexta-feira será promovido encontro para debater o processo eleitoral

Stephany Sander

publicidade

O projeto social Da Rua Para’Noia, realizado a partir de uma parceria entre a Universidade Feevale e a Secretaria de Desenvolvimento Social de Novo Hamburgo, realizou nesta semana oficinas de fanzine e lambe-lambe, com os frequentadores do Centro Pop, destinado a população de rua do município. De acordo com a coordenadora do projeto, Carmem Giongo, os participantes tinham o desafio de retratar a arte de rua, pelo seu ponto de vista.

"Essa oficina ocorre graças a parceria com o Coletivo Casa da Praça, um movimento cultural da cidade, e antecede um sarau cultural que acontecerá na terça-feira quem vem", explica. Ela salienta que a atividade visa aproximar a comunidade do Centro Pop. “Queremos abrir as portas do local e mostrar que temos muito em comum, seja pela arte, nos sonhos, no desejo de interagir e se relacionar”, salienta. Além dessas atividades culturais, ocorrerá, nesta sexta-feira, uma oficina sobre eleições, com o objetivo de debater o assunto.

Conforme o professor que ministrará a atividade, Renato Selayaram, a iniciativa surgiu pelos próprios participantes que demonstraram interesse em conhecer o processo eleitoral. O projeto Da Rua Para’Noia busca garantir o direito à cidadania e aos direitos civis, além de debater questões de invisibilidade sobre a população em situação de rua do município. Em um semestre de atividades, o projeto já alcançou a marca de 300 beneficiários.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895