Resultado sobre morte com suspeita de Covid-19 em NH deve sair esta semana
capa

Resultado sobre morte com suspeita de Covid-19 em NH deve sair esta semana

Idosa morreu na madrugada do último sábado no Hospital Municipal de Novo Hamburgo

Por
Stephany Sander

Processo administrativo foi aberto pela Fundação de Saúde Pública de Novo Hamburgo

publicidade

O resultado do exame para confirmação ou não de Covid-19 de uma idosa que morreu na madrugada do último sábado no Hospital Municipal de Novo Hamburgo deve sair nesta semana. A Fundação de Saúde Pública de Novo Hamburgo abriu processo administrativo disciplinar para investigar a morte, já que a paciente era moradora de São Leopoldo.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura de Novo Hamburgo, a paciente tinha 61 anos e estava na UPA Scharlau de São Leopoldo. Ela presentava sintomas da doença há sete dias e possuía outras complicações de saúde. Ela foi transferida para a casa de saúde hamburguense pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) depois que a Regulação do Estado tentou levá-la primeiramente para o Hospital Centenário do município. No Hospital Municipal, a paciente leopoldense já chegou com o auxílio de ventilação mecânica e foi levada para a UTI, mas acabou não resistindo.

Segundo o diretor-presidente da Fundação de Saúde de Novo Hamburgo, Ráfaga Fontoura,Ráfaga, o protocolo de segurança para Covid-19 foi seguido no hospital hamburguense. “Quem atendeu a paciente estava com o equipamento de proteção, e a paciente já estava entubada, o que evita muito o contágio”, completa. “Nos preocupa muito recebermos pacientes de outras cidades, ainda sem o repasse de equipamentos para nos tornarmos referência regional”, acrescentou a prefeita Fátima Daudt.

A Prefeitura de São Leopoldo informa que os casos suspeitos de contaminação de coronavírus que apresentem necessidade de hospitalização são regulados pelo governo do Estado e de sua responsabilidade. No caso de São Leopoldo, os pacientes serão encaminhados para o Hospital Municipal de Novo Hamburgo, cumprindo rigorosamente o que determina o protocolo da Regulação do Estado.

Sobre a morte da idosa, Novo Hamburgo, com caso ainda suspeito de coronavírus, a Secretaria da Saúde de São Leopoldo informa que a paciente chegou na noite do dia 20 de março na UPA Scharlau, com sintomas respiratórios, apesar de não ter tido contato com caso confirmado. Com o agravamento do quadro, ela foi levada pelo Samu para Novo Hamburgo cumprindo a determinação do Protocolo. Cabe destacar que, conforme as normas estaduais, o Hospital Centenário não é referência para casos de suspeita do Covid-19.