São Leopoldo não autoriza volta às aulas presenciais

São Leopoldo não autoriza volta às aulas presenciais

Prefeito Ary Vanazzi afirmou que está tomando medidas judiciais para vacinação antecipada de professores

Stephany Sander

Prefeito disse que momento não permite retorno seguro

publicidade

A Prefeitura de São Leopoldo não autorizou o retorno das aulas presenciais municipais e estaduais na cidade, seja no âmbito público ou privado, a partir desta segunda-feira. De acordo com o prefeito Ary Vanazzi, a decisão se dá pelas condições sanitárias e a gravidade da pandemia com altos índices de transmissão e UTI lotada, que não permitem um retorno seguro de professores, estudantes e funcionários das escolas. A medida foi publicada em decreto nesse sábado, 25.

O mandatário ainda afirma que está tomando as medidas judiciais que forem cabíveis para que a vacinação dos professores possa ser antecipada. “Não vamos liberar o retorno das aulas pois entendemos que a pandemia ainda apresenta gravidade para nossa população", destacou Vanazzi.

Novo Hamburgo decidirá na segunda-feira

Em Novo Hamburgo, a volta às aulas na rede municipal de ensino será definida em reunião marcada para esta segunda-feira entre a prefeita Fatima Daudt, a secretaria municipal de Educação, e as equipes diretivas das escolas. 

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895