São Leopoldo terá vacinação para educadores

São Leopoldo terá vacinação para educadores

Anuncio foi realizado neste domingo por meio de live nas redes sociais

Stephany Sander

publicidade

A Prefeitura de São Leopoldo anunciou, neste domingo, que o município irá utilizar as doses remanescentes diárias contra a Covid-19, que ficam nos frascos abertos ao final do processo de imunização, para iniciar a vacinação dos trabalhadores da educação: educadores e pessoal do setor administrativo ou de apoio. A aplicação deve começar nesta semana, em planejamento que será organizado pelas secretarias municipais de Educação e Saúde.

Os dados foram informados em live nas redes sociais, pelo prefeito Ary Vanazzi e pelos secretários Marcel Frison, da Saúde, e Ricardo da Luz, da Educação. Conforme os gestores, serão incluídos inicialmente profissionais da Educação Infantil, da rede municipal, conveniada e particular. Foi informado que o atendimento ocorrerá em um local específico e agendado diretamente com as instituições, não alterando o calendário diário de vacinação dos grupos.

O secretário Frison explicou que existe um critério que permite a utilização das doses restantes do dia em grupos subsequentes. Segundo ele, parte da Guarda Civil Municipal já havia sido imunizada dessa forma, sem que isso significasse descumprir o regramento nacional, e antes de serem incluídas as forças de segurança nas prioridades. Após aberto, cada frasco deve ser utilizado em até seis horas.

Nesta segunda-feira, a prefeitura amplia a vacinação também para gestantes e puérperas com comorbidades, acima de 18 anos. Entram ainda como prioridade nesta semana pessoas com doença renal crônica diálise, acima de 18 anos. Os pontos de vacinação são o Centro de Eventos, na avenida São Borja, e o Largo Rui Porto, na avenida Dom João Becker, pelo sistema drive thru. Para quem for a pé a opção é a Antiga Unisinos, com entrada pela praça Tiradentes. Além disso, o Museu do Trem será o ponto específico para gestantes, puérperas e pessoas em diálise, tanto de carro como a pé. Em todos os locais, o atendimento ocorrerá das 9h às 11h30 e das 13h30 às 18h. Para receber o imunizante é necessário comparecer a um dos locais portando documentos de identificação com foto, CPF, comprovante de residência e cartão SUS.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895