Santo Ângelo adota medidas mais severas contra a Covid-19

Santo Ângelo adota medidas mais severas contra a Covid-19

Entre as definições está a suspensão das cirurgias eletivas não emergenciais

Felipe Dorneles

publicidade

A Prefeitura de Santo Ângelo informou, nesta quarta-feira, a adoção de medidas mais severas no enfrentamento à Covid-19. A definição foi da equipe técnica e profissionais do Comitê Temporário de Enfrentamento ao Coronavírus, juntamente com a Secretaria Municipal de Saúde. O motivo foi o aumento dos casos e das internações hospitalares na última semana.

Mesmo com o fato de município poder adotar a bandeira laranja, Santo Ângelo vai operar com os critérios da vermelha. “Vamos manter a bandeira vermelha nas atividades durante todo o dia, mas todos terão que parar a partir das 20h, já que nosso decreto tem os mesmos protocolos do governo do Estado”, disse o prefeito Jacques Barbosa.

Entre as medidas está a suspensão das cirurgias eletivas não emergenciais no HSA, já que é uma recomendação da Secretaria Estadual de Saúde, justificada pelo aumento das internações por coronavírus no Rio Grande do Sul. O Centro de Enfrentamento à Covid-19 na Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h), no bairro Pippi, vai contar sete novos leitos clínicos e a presença de mais um médico no atendimento à população. A fiscalização também será intensificada com o auxílio da Brigada Militar no acompanhamento das equipes da Vigilância Sanitária, da Saúde e do Meio Ambiente.

 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895