Santo Ângelo mantém medidas de distanciamento para conter avanço da Covid-19

Santo Ângelo mantém medidas de distanciamento para conter avanço da Covid-19

Ação foi motivada pelo aumento no número de casos e internações hospitalares

Felipe Dorneles

Poder Executivo manteve em decreto medidas de distanciamento controlado em Santo Ângelo

publicidade

O Poder Executivo de Santo Ângelo manteve em decreto, publicado nesta sexta-feira, medidas de distanciamento controlado para intensificar o enfrentamento da Covid-19. A ação foi motivada pelo aumento no número de casos e internações hospitalares.

A partir das 14h deste sábado, está proibida a abertura de qualquer estabelecimento comercial. O atendimento deve retornar apenas na segunda-feira. Supermercados, farmácias e postos de combustíveis podem atender até às 18h de sábado.

O decreto recomenda ainda que, das 14h de sábado até segunda-feira, as pessoas não circulem pelas ruas da cidade. Para o feriado do dia 5 de junho, também já foram definidas restrições. A abertura de estabelecimentos está proibida das 22h do dia 2 de junho até às 5h do dia 4 de junho, seguindo as restrições no final de semana.

O decreto leva em consideração a confirmação de circulação da variante P1 do Coronavírus nas Missões, mais agressiva no contágio e com alta taxa de letalidade. O documento também institui multas que variam entre R$ 2 mil e R$ 1,5 milhão para quem infringir as determinações.

O Executivo prevê o retorno às aulas presenciais na rede pública municipal e no ensino privado, da Educação Infantil e séries iniciais, na segunda-feira, com observação aos protocolos sanitários e apresentação de plano de contingência com aval do Comitê Operacional de Emergência em Saúde (COE) e do Círculo de Pais e Mestres (CPM) das escolas.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895