Sapucaia do Sul reduz horário do transporte coletivo e impõe restrições ao comércio
capa

Sapucaia do Sul reduz horário do transporte coletivo e impõe restrições ao comércio

Decreto assinado pelo prefeito na última sexta-feira limita funcionamento de mercados, padarias e restaurantes

Por
Fernanda Bassôa

A partir do dia 28 de março, os ônibus funcionarão apenas das 7h às 9h e das 17h às 19h aos sábados e domingos.


publicidade

Com a intenção de reduzir ainda mais a circulação de pessoas nas ruas, para evitar contaminação do coronavírus, a Prefeitura de Sapucaia do Sul determinou que o transporte coletivo urbano reduza o número de viagens durante os finais de semana. Por isso, a partir do dia 28 de março, os ônibus funcionarão apenas das 7h às 9h e das 17h às 19h aos sábados e domingos.

A redução ocorrerá pelo período de 30 dias, que podem ser prorrogados. Além disso, até o retorno das aulas, o passe-livre estudantil em Sapucaia do Sul estará suspenso, bem como a emissão e a utilização do benefício.

Na sexta-feira o prefeito Dr. Luis Rogério Link, decretou que a partir desta segunda-feira permanecerão fechadas lojas e centros comerciais, salões de beleza, estabelecimentos de educação particulares, creches privadas e comunitárias, casas noturnas, boates e similares, pelo período de 15 dias. O que pode funcionar são supermercados, farmácias, padarias, clínicas de saúde, restaurantes, lojas de materiais de construção e ferragens, postos de gasolinas, agropecuárias, oficinas mecânicas, agências bancárias e distribuidoras de gás.


Para o funcionamento, os mesmos deverão obedecer ao limite máximo de 50% de sua capacidade. O funcionamento de restaurantes, bares, pubs, lanchonetes e “food-truck” só poderão acontecer até as 21h, em qualquer dia da semana. O serviço de tele-entrega permanece livre.