Taquara terá unidade de saúde específica para atender pessoas com sintomas do Covid-19

Taquara terá unidade de saúde específica para atender pessoas com sintomas do Covid-19

Prefeito Tito Livio Jaeger Filho declarou estado de calamidade pública nesta sexta

Stephany Sander

Prefeitura municipal suspendeu expediente na sede

publicidade

A partir da segunda-feira, a cidade de Taquara terá uma Unidade de Saúde específica para atender pessoas que estejam com os sintomas do novo coronavírus.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Vanderlei Vili Petry, o posto está localizado na avenida Sebastião Amoretti, nº 1875, junto ao CAPS AD. “As pessoas não precisam procurar outra unidade e sim, especificamente esta onde estarão reunidas equipe médica e de enfermagem para atendê-las”, explicou, salientando que o município tinha três casos suspeitos de Covid-19, sendo que uma das coletas já foi descartada. "seguimos aguardando o resultado que advém do Laboratório Central de Saúde Pública do RS – LACEN", afirmou.

Por meio do Decreto Municipal nº 68, o prefeito Tito Livio Jaeger Filho declarou estado de calamidade pública nesta sexta-feira. Dentre as determinações elencadas no documento, está o “toque de recolher” em tempo integral para confinamento domiciliar obrigatório em todo o território do município, ficando terminantemente proibida a circulação de pessoas na cidade, exceto a circulação necessária para acesso aos serviços essenciais comprovada necessidade ou urgência, podendo ocorrer apreensão de veículos e condução forçada de pessoas, pelas autoridades municipais. 

Outra ação contida no decreto é a proibição integral das atividades e dos serviços privados não essenciais e o fechamento dos centros comerciais, incluindo o sistema de estacionamento rotativo comunitário do Município, à exceção de farmácias, clínicas de atendimento na área da saúde, supermercados, mercados, atacados que atendam também no varejo, padarias, indústrias cujo produto esteja relacionado a cadeia de produção e oferta de alimentos e medicamentos, setor de autoatendimento das agências bancárias, órgãos de imprensa, serviços de telecomunicações, serviços de internet, monitoramento, postos de gasolina e comércio de gás de cozinha, restaurantes, tele entrega de alimentos e locais de alimentação nestes estabelecidos, bem como, de seus respectivos espaços de circulação e acesso.

Segundo o decreto, também está suspenso o expediente na sede da prefeitura municipal, nas secretarias e demais órgãos públicos, exceto nas Unidades Básicas de Saúde, Posto 24 horas e Posto Piazito e demais serviços considerados essenciais. Havendo necessidade extrema, poderá se manter contato com os setores e departamentos da Prefeitura Municipal, através de e-mail, que estão divulgados no decreto e no site da prefeitura de Taquara


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895