Três Coroas realiza evento piloto e se prepara para a retomada do turismo de aventura em setembro

Três Coroas realiza evento piloto e se prepara para a retomada do turismo de aventura em setembro

Público só será atendido com reserva antecipada a fim de mensurar e limitar o número de pessoas nos parques

Stephany Sander

As equipes de todas as empresas e parques receberam o mesmo treinamento para que operem seguindo as mesmas recomendações

publicidade

Está marcado para esta sexta-feira, um projeto piloto envolvendo a retomada do ecoturismo na cidade de Três Coroas. Com o retorno das atividades marcado para o dia 5 de setembro, o grupo Aventura Três Coroas, que reúne parques e empresas de aventura e entretenimento, testará, nesta sexta-feira, todos os procedimentos de segurança preparados para os espaços. Os protocolos foram definidos pela Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (ABETA), entidade que reúne empresas do setor em todo o país e que publicou o Manual de Boas Práticas para orientar os procedimentos a serem adotados pelas operações turísticas e atividades de turismo de natureza.

Atualmente, a presidente da associação é a gaúcha Teriana Selbach, sócia do Raft Adventure Park, com sede na cidade. “O grupo de empresários de Três Coroas se uniu e participou ativamente da elaboração do documento. Nosso objetivo foi encontrar alternativas para uma retomada segura e responsável das atividades, que a gente acredita que vai acontecer somente com a adesão de boas práticas adequadas a cada setor. Nosso segmento tem muitas peculiaridades e procuramos ser bem precisos e específicos”, conta Teriana, destacando que foram consultados diversos protocolos sanitários já adotados por outros países, sempre avaliando e questionando a viabilidade quanto a aplicação das recomendações.

As equipes de colaboradores de todas as empresas e parques receberam o mesmo treinamento para que operem seguindo as mesmas recomendações. O grupo é formado pelos parques Raft Adventure Park, Brasil Raft Park e Parque das Laranjeiras, e pelas empresas Eco Aventura Turismo, Central Sul Raft e Exxtreme.4 Rafting e Expedições. Entre as medidas adotadas estão o uso obrigatório de máscaras para todos os funcionários dos parques e empresas, ainda que as atividades sejam ao ar livre, incluindo as atividades aquáticas, seguindo as boas práticas de uso, remoção e descarte. O uso de máscaras será obrigatório também para o público. A orientação é que cada usuário leve pelo menos três máscaras para usar ao longo do dia. Além disso, todos as empresas e parques terão máscaras descartáveis para a venda.

Foram instalados lavatórios para a higiene das mãos, com dispenser de sabonete líquido, papel toalha, lixeira com tampa e acionamento com pedal, para que não haja contato manual. Os ambientes cobertos, serão mantidos ventilados. Deve ser evitada a disponibilização de folders e materiais informativos, dando prioridade às versões virtuais, para evitar o manuseio de papel. O público só será atendido com reserva antecipada a fim de mensurar e limitar o número de pessoas nos parques. Além disso, nos esportes em grupo ou equipe, serão reunidas as pessoas da mesma família ou amigos, evitando dividir o espaço ou atividade com outros visitantes. Todos os equipamentos deverão ser higienizados após cada uso, sendo feita a limpeza e desinfecção dos veículos, em especial maçanetas, cintos de segurança e bancos. Já nos lugares que oferecem alimentação e bebida, as medidas de segurança foram ampliadas e seguem padrões rigorosos estipulados pela legislação. O serviço de buffet foi suspenso, mas os restaurantes oferecem opções à la carte.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895