Uruguaiana inicia a montagem do Hospital de Campanha

Uruguaiana inicia a montagem do Hospital de Campanha

Local contará com 39 leitos para pacientes clínicos de menor gravidade

Por
Fred Marcovici

Santa Casa de Caridade e o Exército iniciaram a montagem do espaço


publicidade

A Santa Casa de Caridade de Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, em parceria com o Exército Brasileiro, iniciou a montagem do Hospital de Campanha (HC) para atendimento a pacientes do Covid-19. A unidade entrará em funcionamento imediatamente após a capacidade do hospital se esgotar. O projeto é desenvolvido pelo Centro de Operações Especiais do Coronavírus (COE Corona).

As instalações ocupam espaço na sede da Associação dos Funcionários do Municípios de Uruguaiana (AFMU). A montagem da unidade está a cargo da 2ª Brigada de Cavalaria Mecanizada – Brigada Charrua, e a operacionalização do serviço sob responsabilidade da Santa Casa.

O local contará com 39 leitos para atendimento de pacientes e mais nove leitos que compõem o alojamento dos profissionais de saúde. O Hospital de Campanha é parte dos fluxos de atendimentos criados pelo COE Corona, composto pela Santa Casa, Secretaria Municipal de Saúde e Universidade Federal do Pampa (Unipampa). “Em caso de uma demanda maior que a capacidade física da Santa Casa, entra em cena o Hospital de Campanha. Esperamos que não seja utilizado, mas como administração não podemos deixar de nos preparar”, ressalta Thaís Aramburu, gestora da instituição.

O HC receberá pacientes clínicos, de menor gravidade, mas que ainda inspirem cuidados. “Serão pacientes em processo de alta, que não exigirão assistência intensiva, mas que ainda necessitam de cuidados hospitalares”, explica Thaís.

A Santa Casa possui em sua estrutura uma unidade de terapia intensiva, composta de oito leitos, especificamente destinada a atender pacientes com suspeita ou diagnóstico de infecção pelo novo coronavírus, além da UTI Corona e um andar com até 45 leitos, também isolados e preparados para receber exclusivamente por portadores de Covid-19. “Desde que tomamos conhecimento sobre o vírus, em janeiro, o hospital vem se preparando. Temos um plano de contingência, elaborado pelo médico infectologista Felipe Zancan, que está sempre sendo atualizado. Contamos com os fluxos de atendimento elaborados, em parceria com a Unipampa, que vem sendo fundamental no processo. Nos mantemos atentos e trabalhando para estar preparado nos próximos meses”, completa Thaís.

Como prevenir o contágio do novo coronavírus 

De acordo com recomendações do Ministério da Saúde, há pelo menos cinco medidas que ajudam na prevenção do contágio do novo coronavírus:

• lavar as mãos com água e sabão ou então usar álcool gel.

• cobrir o nariz e a boca ao espirrar ou tossir.

• evitar aglomerações se estiver doente.

• manter os ambientes bem ventilados.


• não compartilhar objetos pessoais.