Uruguaiana terá hospital de campanha para pacientes diagnosticados com Covid-19

Uruguaiana terá hospital de campanha para pacientes diagnosticados com Covid-19

Informação foi confirmada neste final de semana pela gestora da Santa Casa de Caridade do município

Por
Fred Marcovici

A Santa Casa está absorvendo a demanda atual por meio de oito leitos de UTI e outros 45 leitos clínicos.


publicidade

A gestora da Santa Casa de Caridade de Uruguaiana, Thaís Aramburu, confirmou neste final de semana a montagem de um Hospital de Campanha (HC) no município, em parceria com o Exército Brasileiro. Ainda não há data definida para o início da montagem. A unidade deve ser instalada na sede da Associação dos Funcionários Municipais de Uruguaiana (AFMU), no bairro São Miguel, visando o enfrentamento da pandemia de Covid-19 com maior estrutura e suporte, em caso de um possível colapso do hospital referência.

O HC é um projeto desenvolvido pelo Centro de Operações Especiais (COE) do Coronavírus formado pela instituição, Universidade Federal do Pampa (Unipampa) e Secretaria de Saúde. A Santa Casa tem absorvido a demanda atual por meio da existência de oito leitos de UTI, exclusivos para pacientes com coronavírus, e outros 45 leitos clínicos disponíveis no quarto andar isolado, que se tornou possível pelo apoio do Grupo Uruguaiana Viva, todos destinados exclusivamente a pacientes com suspeita ou diagnóstico 


“A dimensão do Hospital de Campanha obedecerá a necessidade e evolução do vírus na cidade e absorverá pacientes que estejam em processo de alta, com menos exigência de assistência, mas que ainda não possam ser enviados para a residência”, avalia Thaís. “Esperamos que não seja utilizado, mas como administradora não podemos deixar de nos precaver”, acrescenta.