Vazamento de produtos químicos em arroio deve ser discutido até quarta em Campo Bom
capa

Vazamento de produtos químicos em arroio deve ser discutido até quarta em Campo Bom

Peixes e aves foram encontrados mortos na região do Rio do Sinos

Por
Stephany Sander

Vazamento de produtos químicos será discutido em reunião

publicidade

Uma reunião deve ocorrer até a quarta-feira entre representantes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Campo Bom e membros da Fundação Estadual de Proteção Ambiental do Estado (Fepam) sobre o vazamento de produtos químicos que causou a morte de peixes e aves em uma área próxima a um arroio, na região do Rio do Sinos. 

O fato foi percebido por funcionários de uma obra de esgoto da Prefeitura, na última quarta-feira, quando o vazamento dos produtos aconteceu após rompimento de um tanque de hidróxido de sódio da empresa Verallia, que produz de vidros. Foram realizadas coletas da água contaminada e os laudos devem ficar prontos nesta semana. 

Vazamento por problema técnico 

Após os resultados, a Fepam deve autuar e fixar multa aos responsáveis. Através de nota, a Verallia informa que, devido a um problema técnico ocorrido na estação de tratamento de resíduos da empresa, ocorreu o vazamento de material não tratado em uma galeria de águas pluviais desativada.

A empresa ressalta que adotou imediatamente todas as medidas de contenção e tratamento deste incidente e que segue trabalhando com todos os seus recursos, inclusive contratação de empresas especializadas, para a solução definitiva da questão o mais rápido possível. 

Adicionalmente, a Verallia afirma que está em constante contato com os órgãos ambientais e seguindo todas as recomendações cabíveis e reitera que a fábrica em Campo Bom é certificada e opera dentro de total conformidade com as leis ambientais, possuindo todas as licenças necessárias para sua operação.