Vera Cruz confirma dois casos de dengue

Vera Cruz confirma dois casos de dengue

Vigilância Sanitária encontrou larvas do mosquito em todos os bairros na área urbana

Otto Tesche

publicidade

A Vigilância Sanitária de Vera Cruz recebeu a confirmação dos dois primeiros casos de dengue neste ano. Os exames ocorreram em laboratório particular. A Secretaria de Saúde também aguarda o resultado de testes de outros dois suspeitos que também estão em análise em laboratório.

A preocupação aumenta diante de grande incidência da doença no município vizinho de Santa Cruz do Sul, distante apenas oito quilômetros, onde até esta quarta-feira já havia o registro de 130 casos com a doença desde o início do ano, a maioria desde o começo de março.

A equipe da Vigilância Sanitária de Vera Cruz encontrou larvas do mosquito em todos os bairros na área urbana, em maior número no Centro, Leopoldina, Imigrantes e Araçá. Entre os dois casos confirmados de dengue, um é de um morador do bairro Imigrantes e outro é de um residente no bairro Cipriano. No entanto, um dos contaminados pode ser importado, ou seja, ter sido contraído em outra cidade, pois diversos municípios da região confirmaram casos recentes.

As larvas são analisadas no laboratório próprio da Vigilância Sanitária. Conforme o coordenador do setor, médico veterinário André Mello Sant’Anna, o último Levantamento Rápido de Índices para Aedes Aegypti (LIRAa), terceiro realizado neste ano em Vera Cruz, apontou nível médio de infestação, assim como o segundo, mostrando um aumento em relação ao primeiro, quando o índice era baixo.

“Vamos intensificar as ações de vistorias nas residências, orientações da população e eliminação de criadouros de água parada, em ralos, pneus, garrafas, calhas e outros objetos e plantas, principalmente nas residências onde mais se encontra o mosquito e em locais que acumulam água da chuva, como bromélias”, disse Sant’Anna.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895