Azul volta a voar para Pelotas e Santa Maria

Azul volta a voar para Pelotas e Santa Maria

A venda de passagens de e para as cidades será aberta neste sábado 17 de outubro

Correio do Povo

publicidade

A partir de 8 de dezembro, Pelotas e Santa Maria, no Rio Grande do Sul, voltarão a receber aeronaves da Azul. Os voos, de segunda à sexta, terão como destino o aeroporto Internacional de Porto Alegre, uma das principais bases de operação da companhia na região. A venda de passagens de e para as cidades será aberta neste sábado, 17 de outubro, em todos os canais oficiais da Azul, com valores promocionais a partir de R$ 169,96.

Os aviões ATR 72-600, que podem transportar até 70 Clientes e operavam as rotas até março, serão responsáveis por cumprir as frequências entre as cidades e a capital do estado gaúcho. As novas operações seguirão os rígidos protocolos sanitários adotados pela empresa desde o início da pandemia.                                                   

"Estamos ampliando as operações da companhia a cada mês, seguindo nosso plano de retomada do serviço de transporte aéreo em todas as regiões do Brasil. Somos a maior companhia aérea do país em número de destinos e voos diários e queremos continuar servindo o país, principalmente neste momento em que nosso setor pode contribuir para a recuperação da economia. Mesmo em épocas de pandemia, voar sempre foi seguro e ainda adotamos diversas medidas que permitem as pessoas a viajarem com segurança e tranquilidade, seja a lazer ou a trabalho”, diz Vitor Silva, gerente de planejamento de malha da Azul.

Com a inclusão de Pelotas e Santa Maria e o aumento no número de operações, o aeroporto de Porto Alegre terá 30 voos diários para 16 destinos a partir de dezembro. Dessa forma, Clientes das cidades sulistas poderão se conectar na capital para destinos como Campinas e Guarulhos, em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Foz do Iguaçu e Navegantes.

Novo padrão

A Azul reforçou a limpeza de suas aeronaves a cada voo e à noite, seguindo os protocolos sugeridos pela IATA. A companhia também foi a primeira do país a tornar obrigatório o uso de máscaras por Tripulantes e Clientes, tanto a bordo quanto em solo. Em outra iniciativa pioneira, a Azul passou a medir a temperatura dos Tripulantes a cada início de turno, aumentando a confiança em solo e a bordo e preservando a vida e a segurança de todos.

A companhia tem orientado o check-in pelo aplicativo da companhia e, para aqueles que precisa despachar a bagagem, sugere o uso dos balcões de autoatendimento, em que o próprio Cliente etiqueta sua bagagem sem contato com a tela dos tablets. Para o embarque, a Azul lançou o Tapete Azul, tecnologia pioneira no mundo, que é composto por um conjunto de projetores e monitores. Por meio de realidade aumentada projetores no chão formam um tapete virtual colorido e móvel, que convida a pessoa a se posicionar na fila de acordo com seu número de assento. A inovação vem proporcionando uma diminuição de cerca de 25% no tempo em que uma pessoa leva entre embarcar e sentar dentro do avião e, de quebra, contribui para o distanciamento social, já que os Clientes convocados para o embarque ficam a quatro metros de distância entre si.

A bordo da aeronave, kits com luvas, álcool em gel e lenço umedecido estão à disposição para uso dos Clientes e dos Tripulantes da Azul quando necessário. A companhia também tem utilizado descontaminantes bactericidas que contam com um princípio ativo que elimina o vírus da COVID-19 em 99,99% dos casos.

Além disso, a partir do próximo mês, a Azul adota o sistema de raio ultravioleta da Honeywell na limpeza do interior de suas aeronaves. O UV Cabin System é capaz de higienizar o interior de uma aeronave em menos de 10 minutos. A tecnologia representa uma camada a mais de segurança que será gradualmente introduzida na frota da Azul, a primeira empresa aérea da América Latina a trazer essa inovação.

Somando-se a isso e a limpeza dupla nos assentos, mesinhas, bolsão, banheiros, encosto de cabeça, cinto de segurança, janela, paredes e compartimentos superiores, a Azul vem atendendo todas as normas de procedimento de limpeza e desinfecção sugeridas pela Anvisa. O serviço de bordo passou a ser realizado ao final do voo, garantindo o uso da máscara durante toda a viagem, e o desembarque agora é realizado por fileiras, evitando as costumeiras aglomerações no corredor no momento de saída da aeronave.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895