BanriTech inaugura sede no Centro Histórico de Porto Alegre

BanriTech inaugura sede no Centro Histórico de Porto Alegre

Programa de inovação do Banrisul tem acelerado 30 startups desde abril

Henrique Massaro

Governador Eduardo Leite ressaltou importância de olhar para o futuro

publicidade

Com 30 startups desde abril deste ano, o BanriTech, programa – Programa de Aceleração de Startup do Banrisul, inaugurou nesta quinta-feira a sua sede oficial, localizada dentro do Museu de Comunicação Hipólito José da Costa, no Centro Histórico de Porto Alegre. O evento de inauguração, realizado de forma híbrida – presencial e com transmissão virtual – contou com a participação do governador Eduardo Leite, secretários estaduais, diretoria do banco e representantes da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (Pucrs), parceira do BanriTech através do Tecnopuc, o Parque Científico e Tecnológico da instituição.

O governador lembrou que o Estado se orgulha do seu passado, mas mostra a importância de visar também o futuro. “O Rio Grande do Sul vai recuperando a capacidade de sonhar e pensar no futuro a partir do domínio das condições do presente”, afirmou. De acordo com Leite, o Banrisul, quase centenário, com 93 anos, tem perspectiva e entende a importância de ser inovador e conectado. “O banco se mantém jovem na medida que ele olha pra frente”, destacou.

O vice-presidente do Banrisul, Irany Sant’Anna Junior, afirmou que a instituição nasceu para apoiar sonhos e prover soluções, e que é, tradicionalmente, moderna. “Queremos usar o verbo compartilhar junto com inovar, transformar, gerar valor”, afirmou. Em vídeo transmitido durante o evento de inauguração da sede, o presidente do banco, Claudio Coutinho, disse que o BanriTech é uma iniciativa para fomentar toda a cadeia de inovação do Estado. “Com esse programa, o Banrisul se insere cada vez mais no ecossistema de inovação do Rio Grande do Sul.”

O secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia, Luís Lamb, comentou que o Banrisul foi a instituição que comprou o primeiro computador do Estado, em 1963, e que tem dado passos importantes para construir uma cultura de inovação. “Somente quando se constrói uma cultura é que nós conseguimos construir um espaço como este”, disse. A secretária da Cultura, Beatriz Araújo, disse que entusiasmo e paixão levaram o Estado a construir as parcerias que resultaram na sede do BanriTech e em outros programas. “Conseguimos colocar o RS Criativo em pé também em parceria com a Pucrs, certamente conseguiremos atuar de forma conjunta com esse espaço maravilhoso e continuar contando com essa parceria.”

O superintendente de Inovação e Desenvolvimento da Pucrs e do Tecnopuc, Jorge Audy, ressaltou a importância do caráter colaborativo da iniciativa. “Inovação é uma trinca formada por conhecimento aplicado, criatividade e coragem para mudar”, comentou. Disse ainda que a sede do BanriTech é uma representação da sintonia do Estado com os novos tempos. O reitor da Pucrs, irmão Evilázio Teixeira, destacou o dia como histórico e disse que a parceria permite que a Universidade desempenhe seu papel de ser um vetor social. “O que fazemos na Pucrs deve impactar no desenvolvimento ambiental, científico, cultural e econômico da sociedade.”



 


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895