Biden nomeia adversário das primárias, Pete Buttgieg, como secretário de Transporte

Biden nomeia adversário das primárias, Pete Buttgieg, como secretário de Transporte

Buttgieg será primeiro membro de gabinente homossexual dos EUA

AFP

publicidade

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, designou seu antigo rival nas primárias democratas Pete Buttigieg como secretário de Transporte. Com isso, ele se tornará o primeiro membro assumidamente homossexual de um gabinete norte-americano.

Após a antecipação da notícia pela imprensa local, Buttgieg foi confirmado para o cargo esta noite, pela equipe do presidente eleito. "Acredito que Pete fará esse trabalho com foco, moralidade e uma visão ousada", declarou Biden em comunicado. A nomeação terá que ser aprovada no Senado.

Buttgieg é o segundo ex-rival de Biden nas primárias que ele decide somar à sua equipe de governo, depois de escolher Kamala Harris como vice-presidente. Buttigieg foi uma revelação na campanha eleitoral, passando de prefeito de uma pequena cidade da Indiana a sensação midiática em nível nacional, apesar de sua campanha ter perdido fôlego e de ele ter se retirado antes da "Super Terça", deixando o caminho livre para Biden.

Conhecido como "prefeito Pete", ele se destacou na campanha com seu perfil de pupilo talentoso que combina suas credenciais de veterano da guerra no Afeganistão com um estilo inovador, que o levou a se apresentar abertamente como homossexual ao ingressar na política, após ter mantido sua orientação em segredo durante sua carreira militar.

Buttigieg será a primeira pessoa da comunidade LGBT a assumir um cargo permanente no alto escalão do Executivo, destacou a organização Victory Institute, que defende mais representatividade para esse grupo. "A indicação de Pete é um marco na luta de décadas para garantir que a população LGBT seja representada em nosso governo e seu impacto repercutirá muito além do departamento que ele vai liderar", declarou a organização.

Ao receber o apoio de Buttigieg, Biden disse, com entusiasmo, que ele o lembrava de seu falecido filho Beau, observando que, para ele, esse era o maior elogio que poderia fazer a alguém.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895