Braskem fecha primeiro trimestre com R$ 6,9 bilhões

Braskem fecha primeiro trimestre com R$ 6,9 bilhões

Resultado operacional cresceu pelo terceiro trimestre consecutivo

Taís Teixeira

publicidade

A Braskem fechou o primeiro trimestre com  R$ 6,9 bilhões, 54% acima dos três meses anteriores. O resultado é considerado positivo é atribuído em função, principalmente, dos melhores spreads internacionais utilizados como referência no Brasil, nos Estados Unidos, na Europa e no México, além de maior volume de vendas nos EUA e na Europa. Foi o terceiro trimestre consecutivo de crescimento no resultado operacional recorrente, somado a uma redução da alavancagem, ao crescimento do lucro líquido e ao aumento da receita líquida de venda.

A alavancagem, medida pela relação dívida líquida/resultado operacional recorrente, em dólares, foi de 1,8x, menor 39% do que a medida no quarto trimestre de 2020 e menor 69% do que no primeiro trimestre do ano passado. O lucro líquido foi de R$ 2,5 bilhões, 195% superior ao trimestre anterior. A receita líquida de vendas foi de R$ 22,7 bilhões, crescimento de 21% em relação ao trimestre anterior e 80% maior do que o registrado no primeiro trimestre de 2020.

O presidente da Braskem, Roberto Simões, afirma que o primeiro trimestre termina com a Braskem em uma posição financeira sólida em função, principalmente, da evolução contínua dos resultados da companhia. “Estamos mantendo o foco na busca para retornar ao nível de grau de investimento pelas agências de crédito”, ressalta.

Além disso, foi iniciada a operação do complexo eólico de Folha Larga Norte, em Campo Formoso (BA), um empreendimento da EDF Renewables viabilizado pelo contrato de fornecimento de 20 anos para a Braskem. O uso de energia renovável é parte essencial do compromisso da Braskem de se tornar carbono neutro até 2050 e a parceria com a EDF Renewables vai significar uma redução de 280 mil toneladas de CO2 ao longo do contrato.

Pandemia

Outro ponto de destaque da Braskem é o engajamento social neste momento de pandemia, por meio da distribuição de 48 mil cestas básicas, 25 mil kits de limpeza e 3 toneladas de hortifrutis nas comunidades próximas às suas instalações e que foram diretamente afetadas pela crise social, causada pela pandemia da Covid-19. Ao todo, a companhia destinará neste ano R$ 15 milhões para iniciativas e parcerias em diversos estados do Brasil.

Parceria 

Em fevereiro, a companhia firmou parceria estratégica com a maior empresa global de logística, a A.P. Moller – Maersk, e a PSA Corporation Ltd (PSA), uma das maiores operadoras portuárias no mundo, para a utilização de seus terminais em Cingapura e iniciar operação de transbordo para servir o continente asiático. O acordo permitirá à companhia fornecer aos seus clientes na Ásia acesso regular ao portfólio de polímeros, em mais um passo para a diversificação geográfica da Braskem.

A Braskem conquistou em 2021 a certificação como Operador Econômico Autorizado (OEA) – Modalidade Conformidade, concedida pela Receita Federal do Brasil. Ser um operador OEA é ser reconhecido internacionalmente por adotar processos de gestão, que minimizam os eventos de riscos existentes em suas operações de importação e que cumprem voluntariamente critérios de conformidade, confiabilidade e segurança aplicados à cadeia logística global, assim como obrigações tributárias e aduaneiras.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895