Confiança da Indústria cai pela quinta vez seguida, mostra FGV

Confiança da Indústria cai pela quinta vez seguida, mostra FGV

Fatores como inflação e desemprego contribuem para o recuo, segundo economista

AE e R7

Índice de confiança na indústria apresenta queda no Brasil

publicidade

O Índice de Confiança da Indústria apresentou queda de 2,0 pontos em dezembro na comparação com novembro, para 100,1 pontos, informou nesta segunda-feira o Ibre/FGV (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas). No mês anterior, o indicador, com ajuste sazonal, havia recuado 3,1 pontos. O indicador totalizou recuo de 14,8 pontos em 2021, após registrar 114,9 pontos em dezembro de 2020.

A quinta queda consecutiva reflete problemas que se estenderam ao longo do ano, como pressão nos custos, escassez de insumos e incerteza elevada, explica em nota a economista Claudia Perdigão, do FGV/Ibre. "Além disso, desemprego e inflação comprimem a demanda das famílias, o que influencia não apenas a avaliação da situação corrente, mas também torna as projeções para 2022 mais cautelosas", acrescenta.

O Índice de Situação Atual (ISA) caiu 2,7 pontos, para 101,0 pontos, o menor valor desde agosto de 2020 (97,8). O recuo do ISA foi puxado pela queda de 6,4 pontos na situação presente dos negócios, que chegou a 95,8 pontos, no menor patamar desde julho de 2020 (87,0).

Veja Também

O Índice de Expectativas (IE), por sua vez, recuou 1,2 ponto, para 99,1, no menor nível desde maio deste ano (99,0). Entre as aberturas do IE, a maior redução se deu em emprego previsto para os próximos meses, que caiu 2,0 pontos, para 101,8, enquanto as perspectivas sobre a produção para os próximos três meses contraíram 1,1 ponto, para 98,8. Já a tendência dos negócios para os próximos seis meses recuaram 0,6 ponto, para 96,6.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) cedeu 1,0 ponto porcentual, para 79,7%, o mesmo nível observado em agosto. O Nuci ficou levemente acima do patamar em que encerrou 2020, a 79,3%.

O levantamento contou com informações de 1.051 empresas entre os dias 1º e 22 deste mês. A próxima divulgação da Sondagem da Indústria ocorrerá em 27 de janeiro de 2022.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895