Confira se você está no 2º lote de restituição do Imposto de Renda

Confira se você está no 2º lote de restituição do Imposto de Renda

Mais de 4,2 milhões de contribuintes receberão o crédito de R$ 6,3 bilhões no próximo dia 30

R7

Contemplados no 2º lote receberão restituição com acréscimo de 1%

publicidade

A Receita Federal liberou nesta quinta-feira (23) a consulta ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2022. O Fisco afirma que a fase de pagamentos vai contemplar mais de 4,2 milhões de contribuintes com R$ 6,3 bilhões. 

Todos os listados neste lote receberão o pagamento da restituição na quinta-feira da próxima semana (30 de junho). O montante será creditado diretamente na conta bancária informada na declaração com um acréscimo de 1% em relação ao valor indicado no momento da entrega do documento, referente à variação mensal da taxa Selic.

SAIBA SE VOCÊ ESTÁ NO 2º LOTE DE RESTITUIÇÃO DO IR 2022

De acordo com a Receita, o lote atual contempla 2,7 milhões de contribuintes membros dos grupos que têm prioridade no recebimento, como idosos, deficientes e aqueles que têm o magistério como a principal fonte de renda. Figuram também na lista todos aqueles que entregaram a declaração até o dia 19 de março.

O primeiro lote de restituição foi pago no dia 31 de maio. Quem não receber a grana neste mês ainda poderá ser beneficiado em julho (dia 29), agosto (dia 31) ou setembro (dia 30). As liberações seguem a ordem da data de entrega da declaração.

Como consultar?

Além de conferirem na página na internet, os contribuintes também podem saber se estão no segundo lote de restituição acessando o aplicativo do Fisco disponível para os sistemas Android e iOS. Nos sistemas, o contribuinte descobre se a sua restituição foi liberada, se ainda está sendo processada ou se existem pendências que impedem a restituição. Nesse caso, as correções podem ser feitas por meio de uma declaração retificadora.

O pagamento da restituição é realizado diretamente na conta bancária informada na declaração. Após ser depositada, a restituição ficará disponível no banco durante o período de ano. Se o contribuinte não fizer o saque no prazo, deverá solicitar o montante por meio do Formulário Eletrônico — Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no eCAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor a ser restituído não apareça na conta bancária, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895