Crédito com juros mais baixos para MEI é liberado; saiba como funciona

Crédito com juros mais baixos para MEI é liberado; saiba como funciona

Prazo máximo de pagamento é de 48 meses para um financiamento de até 30% do faturamento do ano de 2021

R7

publicidade

A concessão de crédito para microempreendedores individuais (MEI), micro e pequenos empreendedores começou nesta segunda-feira (25) por meio do Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte).

Serão R$ 50 bilhões para investimentos e capital de giro que poderão ser utilizados pelos empreendedores, tanto para a aquisição de máquinas e equipamentos e realização de reformas, quanto para despesas operacionais – como o pagamento de salário dos funcionários e de contas como água, luz e aluguel, ou a compra de matérias-primas e mercadorias.

A nova rodada do Pronampe passa a beneficiar empreendedores como artesãos, manicures, borracheiros, doceiras, padeiros e barbeiros, entre outros. O Brasil tem 13 milhões de MEIs e 5,5 milhões de micro e pequenas empresas, volume que corresponde a 98% das empresas existentes.

“Com a entrada de oferta de crédito para microempreendedores individuais, vamos apoiar cada vez mais o empreendedor. Essa é uma oportunidade para quem quer desenvolver e investir no seu negócio”, afirma Daniella Marques, presidente da Caixa, que tem 37% de participação no programa.

O prazo máximo de pagamento é de 48 meses para um financiamento de até 30% do faturamento declarado pela empresa no ano de 2021, limitado a até R$ 150 mil, com carência de até 11 meses.

Os juros são de 6% ao ano mais a Selic (13,25%). As instituições financeiras participantes poderão requerer a garantia do FGO (Fundo Garantidor de Operações).

“Nós consideramos que esta linha de crédito reforça a parceria com as micro e pequenas empresas e o Banco do Brasil continuará atuando no Pronampe, com o objetivo de auxiliar no desenvolvimento e fortalecimento dos negócios brasileiros”, afirma Carlos Motta, vice-presidente de Negócios de Varejo do BB.

Como funciona o crédito do Pronampe

O que é o Pronampe?

É uma concessão de crédito para microempreendedores individuais (MEI), micro e pequenos empreendedores. Outras rodadas ocorreram em 2020 e 2021.

Quais empresas podem participar?

▪ Podem participar microempreendedores individuais (MEI), micro e pequenos empreendedores.

▪ A empresa deve ter mais de 1 ano de constituição e faturamento registrado na Receita Federal do Brasil de até R$ 4,8 milhões em 2021.

O primeiro passo para consultar as linhas de crédito

▪ Pelas novas regras, os bancos deverão conferir o faturamento na base da Receita Federal, mediante autorização prévia da empresa, para que possa ser realizada a contratação.

▪ É preciso acessar o Portal do Centro Virtual de Atendimento (Portal e-CAC).

▪ Na opção "Autorizar Compartilhamento de Dados", selecionar as instituições bancárias para as quais se deseja solicitar a proposta de financiamento.

▪ E, depois, autorizá-las a consultar o faturamento do ano de 2021.

▪ Após esses procedimentos, já é possível procurar o banco.

Período que vai valer o programa

▪ As instituições financeiras participantes poderão formalizar operações de crédito no âmbito do programa entre 25 de julho de 2022 e 31 de dezembro de 2024.

Prazo de pagamento

▪ O prazo máximo de pagamento é de 48 meses para um financiamento de até 30% do faturamento declarado pela empresa no ano de 2021, limitado a até R$ 150 mil, com carência de até 11 meses.

Quais são os juros?

▪ Os juros são de 6% ao ano mais a Selic (13,25%).

▪ As instituições financeiras participantes poderão requerer a garantia do FGO (Fundo Garantidor de Operações).


Empresa familiar do RS ganha título de vinícola do ano

Vita Eterna de Pinto Bandeira usa processo artesanal para produzir

Mais Lidas





Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895