Crescimento mundial de 2020 será inferior ao de 2019 pelo coronavírus, diz FMI

Crescimento mundial de 2020 será inferior ao de 2019 pelo coronavírus, diz FMI

Chefe da organização exige que problema em relação à doença tenha uma "resposta global"

AFP

Chefe do FMI projeta que epidemia do coronavírus fará com que economia mundial desacelere

publicidade

O crescimento global será menor este ano do que em 2019 por causa da epidemia de coronavírus, mas é "difícil prever" o quanto a economia cairá, disse nesta quarta-feira a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva. A chefe do FMI, que deu uma entrevista coletiva em comum com David Malpass, presidente do Banco Mundial, considerou que a epidemia que atinge a oferta e demanda econômica mundial exige uma "resposta global".

O crescimento global foi de 2,9% em 2019, e em janeiro o FMI ainda previa uma expansão de 3,3% até 2020. Os 189 países-membros do FMI prometeram nesta quarta-feira dar "todo o apoio necessário para limitar o impacto" da epidemia de coronavírus, sobretudo nos países mais vulneráveis, após uma teleconferência do comitê monetário e financeiro da instituição.

"Pedimos ao FMI que utilize todos os instrumentos de financiamento à sua disposição para ajudar os países-membros necessitados", indicaram os integrantes do Fundo em um comunicado.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895