Dólar abre semana em alta e atinge R$ 4,9882 após corte emergencial nos juros norte-americanos

Dólar abre semana em alta e atinge R$ 4,9882 após corte emergencial nos juros norte-americanos

No cenário nacional, a expectativas de que o Copom anuncie diminuição da Selic impacta o mercado

Correio do Povo

Moeda fechou a semana passa na maior cotação de fechamento nominal, sem considerar a inflação

publicidade

O dólar abriu a semana em alta e atingiu a marca de R$ 4,9882 durante durante a sessão desta segunda-feira, após corte emergencial nos juros norte-americanos pelo Federal Reserve (Fed). Por volta de 10 horas, a moeda subia 2,437% na venda à vista, com cotação de R$ 4,9275. Na última sexta-feira, o dólar encerrou o dia com alta de 0,51%, R$ 4,8127. No cenário nacional, expectativas de que o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) anuncie medidas extraordinárias de cortes de juros impactam o mercado.

A este cenário, somam-se os impactos do coronavírus SARS-Cov-2, que causa a doença Covid-19. A decisão do Fed foi tomada após sua segunda reunião extraordinária desde o início da crise, com leitura dos mercados de que o banco central dos Estados Unidos não é capaz de reaquecer a economia em meio à pandemia.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895