Desemprego atinge 12,4 milhões e fica estável em outubro, diz IBGE
capa

Desemprego atinge 12,4 milhões e fica estável em outubro, diz IBGE

População ocupada alcançou 94,055 milhões de pessoas no trimestre móvel encerrado no mesmo mês

Por
AE

Desemprego atinge mais de 12 milhões de pessoas no Brasil, segundo dados do IBGE

publicidade

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 11,6% no trimestre encerrado em outubro, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados nesta sexta-feira, 29, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em igual período de 2018, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 11,7%. No trimestre até setembro deste ano, a taxa foi de 11,8%. A população desocupada somou 12,4 milhões de pessoas no trimestre até outubro. 

O contingente de desempregados cresceu no período de um ano, com 58 mil pessoas a mais, ou 0,5%, do que no trimestre encerrado em igual mês de 2018. Na comparação com o trimestre até julho deste ano, são 202 mil desempregados a menos, uma queda de 1,6%. 

A população ocupada alcançou 94,055 milhões de pessoas no trimestre móvel encerrado em outubro, 470 mil ocupados a mais no mercado de trabalho ante o trimestre móvel imediatamente anterior e 1,436 milhão de ocupados a mais no período de um ano, ante o trimestre móvel até outubro de 2018. No total, a força de trabalho somou 106,421 milhões de pessoas. 

A população fora da força de trabalho somou 64,860 milhões no trimestre encerrado em outubro. A renda média real do trabalhador foi de R$ 2.317 no trimestre encerrado em outubro. O resultado representa alta de 0,8% em relação a igual período do ano anterior. A massa de renda real habitual paga aos ocupados somou R$ 212,808 bilhões no trimestre até outubro, alta de 2,6% ante igual período do ano anterior.