Número de pedidos do seguro-desemprego cai 32% em junho

Número de pedidos do seguro-desemprego cai 32% em junho

De acordo com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, foram realizados 653.160 requerimentos no período ante 960.309 no mês anterior

R7

Em junho foram realizados 653.160 requerimentos no período ante 960.309 em maio

publicidade

O Brasil registrou queda de 32% no número de pedidos de seguro-desemprego em junho no comparativo com o mês de maio. De acordo com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, do Ministério da Economia, foram realizados 653.160 requerimentos no período ante 960.309 no mês anterior.

Do total, segundo a pasta, 443.492 (67,9%) foram oficializados por meio da internet. A modalidade que cresceu nos últimos meses por conta das medidas de isolamento social impostas pela pandemia do novo coronavírus. São Paulo (199.066), Minas Gerais (70.333) e Rio de Janeiro (52.163) são os estados que registraram o maior número de pedidos em todo o país.

Os profissionais do comércio, que vêm sentindo fortemente os efeitos da crise econômica provocada pela pandemia, representaram 41,7% das solicitações, seguidos da indústria (17,7%), construção civil (10,1%) e agropecuária (4,1%).

Nos primeiros seis meses, o governo federal já contabilizou 3.950.606 requerimentos. Se comparado com o acumulado no mesmo período de 2019 (3.442.780), houve um crescimento de 14,8%.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895