OCDE reduz previsão de crescimento mundial para 2021 de 5% a 4,2%

OCDE reduz previsão de crescimento mundial para 2021 de 5% a 4,2%

Vacinas contra a Covid-19 oferecem esperança de recuperação econômica global

AFP e Correio do Povo

A Europa terá um desempenho pior e das grandes economias do continente, apenas a Alemanha chegará perto de recuperar sua escala pré-pandêmica

publicidade

A perspectiva de uma saída da crise se aproxima graças à futura vacina contra o coronavírus, mas a curto prazo ainda é incerta, afirmou nesta terça-feira a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), que reduziu sua previsão de crescimento mundial para 2021: 4,2%, contra 5% na estimativa anterior. "Pela primeira vez desde o início da pandemia, agora há esperança de um futuro melhor. O progresso com vacinas e tratamento aumentou as expectativas e a incerteza diminuiu", disse o economista-chefe da OCDE, Laurence Boone.

A Organização também corrigiu seu cálculo para 2020, mas desta vez com revisão de alta: o Produto Interno Bruto (PIB) mundial retrocederá 4,2%, contra 4,5% da previsão anterior, publicada em setembro. Espera-se que as consequências econômicas afetem desproporcionalmente os mais vulneráveis, gerando golpes duradouros na maioria dos casos. As empresas e empreendedores menores têm maior probabilidade de encerrar suas atividades. 

A adoção sem precedentes de tecnologias digitais, com as pessoas sendo solicitadas a trabalhar em casa e em escolas e universidades tendo suas aulas online durante os bloqueios, só deve fazer com que as crianças e jovens de origens menos abastadas voltem anos atrás. "Apesar da enorme política do Band-Aid, e mesmo em um cenário positivo, a pandemia terá danificado o tecido socioeconômico dos países em todo o mundo", disse Boone.

Veja Também

Até o final do próximo ano, as previsões indicam que a economia da China deverá ser quase 10 por cento maior do que no final de 2019, como resultado de sua resposta médica e econômica bem-sucedida à pandemia, com Coreia do Sul e Indonésia também apresentando bom desempenho . A Europa terá um desempenho pior, antecipou a OCDE: das grandes economias do continente, apenas a Alemanha chegará perto de recuperar sua escala pré-pandêmica - sua economia deverá ser 1,7 por cento menor no último trimestre de 2021 do que o período equivalente de 2019.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895