PIB brasileiro aponta crescimento de 4,6% em 2021, diz IBGE

PIB brasileiro aponta crescimento de 4,6% em 2021, diz IBGE

Economia volta a ter resultado positivo após queda histórica em 2020

R7

Inflação está fora do teto

publicidade

O PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro apresentou um crescimento de 4,6% no ano passado na comparação com 2020. Os dados foram divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), na manhã desta sexta-feira (4).

Com o resultado, a economia brasileira voltou a ter um resultado positivo depois do tombo recorde em 2020, quando o PIB nacional caiu 4,1%, o menor resultado já registrado pelo IBGE. O último ano com crescimento tinha sido 2019, quando a economia brasileira subiu 1,1%.

Além disso, a alta de 4,6% registrada no ano passado foi a maior desde 2010, quando o PIB cresceu 7,5%, e ajudou a recuperar as perdas de 2020 por conta da pandemia.

Em 2021, o PIB totalizou R$ 8,7 trilhões. A alta foi puxada principalmente pelos desempenhos dos setores da indústria e de serviços, que cresceram 4,5% e 4,7%, respectivamente. Por outro lado, o IBGE constatou queda na atividade da agropecuária, de 0,2%. Essas três áreas representam 90% do PIB do país.

“Todas as atividades que compõem os serviços cresceram em 2021, com destaque para transporte, armazenagem e correio (11,4%). O transporte de passageiros subiu bastante, principalmente, no fim do ano, com o retorno das pessoas às viagens" destacou a coordenadora de Contas Nacionais do IBGE, Rebeca Palis.

"A atividade de informação e comunicação (12,3%) também avançou puxada por internet e desenvolvimento de sistemas. Essa atividade já vinha crescendo antes da pandemia, mas com o isolamento social e todas as mudanças provocadas pela pandemia, esse processo se intensificou, fazendo a atividade crescer ainda mais", acrescentou.

 


Artista transforma hobby em negócio

Bruno Lorenz desenha imóveis de Porto Alegre e compartilha conhecimentos ensinando a técnica

Mais Lidas





Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895