PIB veio mais fraco do que mercado esperava, admite presidente do BC

PIB veio mais fraco do que mercado esperava, admite presidente do BC

Roberto Campos Neto estava em audiência pública na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara

AE

De acordo com o IBGE, o PIB recuou 0,1% em relação ao primeiro trimestre do ano

publicidade

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, admitiu na manhã desta quarta-feira que o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre veio "um pouquinho" mais fraco do que o que mercado esperava, mas em linha com a projeção da autoridade monetária. De acordo com o IBGE, o PIB recuou 0,1% em relação ao primeiro trimestre do ano.

"Provavelmente devemos ter uma revisão um pouquinho para baixo nas projeções do PIB para o ano corrente. A gente já tinha um número de crescimento para 2021 um pouco abaixo do previsto pelo mercado", comentou Campos Neto em audiência pública na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara.

De acordo com o resultado apresentado nesta quarta, em valores correntes, a soma das riquezas nacionais chegou a R$ 2,1 trilhões, o que representa um crescimento de 6,4% no primeiro semestre. Ainda assim, o PIB continua no patamar do fim de 2019 ao início de 2020 e ainda está 3,2% abaixo do ponto mais alto da atividade econômica na série histórica, alcançado no primeiro trimestre de 2014.

O resultado negativo do PIB no segundo trimestre foi pelas perdas da agropecuária (-2,8%) e da indústria (-0,2%) no período. Por outro lado, os serviços avançaram 0,7% entre os meses de abril e junho. Na percepção da coordenadora de Contas Nacionais do IBGE, Rebeca Palis, o desempenho de um setor compensou o do outro foi determinante para manter o nível de produção estável.

Veja Também

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895