Rússia adota lista de países "hostis" que serão reembolsados em rublos

Rússia adota lista de países "hostis" que serão reembolsados em rublos

Moeda que perdeu 45% de seu valor desde janeiro

AFP

Banco Central da Rússia

publicidade

As autoridades russas estabeleceram uma lista de países "hostis" a Moscou, com os quais indivíduos e empresas poderão pagar suas dívidas em rublos, moeda que perdeu 45% de seu valor desde janeiro, informou o governo nesta segunda-feira.

A lista de países, elaborada após um decreto presidencial de sexta-feira que se refere a um "procedimento provisório", inclui, entre outros, países da União Europeia (UE), Austrália, Estados Unidos, Canadá, Suíça e Japão.

Para isso, o devedor pode solicitar a um banco russo que crie uma conta especial em rublos em nome do credor estrangeiro e lhe envie um pagamento em moeda russa pelo valor devido, à taxa de câmbio do dia em questão, conforme indicado pelo Banco Central.

Esta medida será aplicada a pagamentos superiores a 10 milhões de rublos por mês. Trata-se de uma das primeiras respostas russas às sanções sem precedentes impostas por vários países estrangeiros após sua intervenção militar na Ucrânia.

As sanções causaram a desvalorização histórica do rublo e são acompanhadas pelo congelamento de parte dos fundos das autoridades no exterior, o que impede o Banco Central de sustentar a moeda russa.

A moeda russa era negociada na manhã desta segunda-feira a 137,70 rublos por dólar. Desde 1º de janeiro, perdeu 45% de seu valor.

Veja Também

 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895