Reajuste médio dos salários ficou abaixo da inflação em 2021

Reajuste médio dos salários ficou abaixo da inflação em 2021

Piso salarial mediano em dezembro foi de R$ 1.346 e o piso médio foi de R$ 1.444

Agência Brasil

Trabalhadores, em média, não conseguiram repor perdas inflacionárias

publicidade

O reajuste médio dos salários obtidos nas negociações salariais em dezembro foi de 9,5%, ficando 1,5 ponto percentual abaixo do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) acumulado dos últimos 12 meses, que foi de 11%. De acordo com o boletim mensal da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) Salariômetro - Mercado de Trabalho e Negociações Coletivas, 67,2% das negociações ficaram abaixo do INPC, 19,7% foram iguais e 13,1% ficaram acima. O piso salarial mediano foi de R$ 1.346 e o piso médio foi de R$ 1.444.

O boletim mostra ainda que, no ano de 2021, o reajuste mediano foi de 6,5%, ficando abaixo da inflação, enquanto nos anos de 2019 e 2020, o reajuste ficou empatado com a inflação. A proporção de reajustes abaixo do INPC foi de 50,2%, enquanto as iguais foram 31,1% e as acima foram 18,6%. O piso salarial mediano foi de R$ 1.338 e o piso médio foi de R$ 1.435.

Segundo os dados, o setor do comércio conseguiu reajuste de 7,6%, ficando 15,7% do INPC; a construção civil e a indústria repetiram esses números. A agropecuária obteve reajuste mediano de 6,2%, 30,9% a menos do que o INPC e o setor de serviços reajustou em 5,5%, o que representa um percentual 38,9% do INPC. Entre as regiões, a Sul conseguiu reajuste mediano de 7,6%, o Sudeste, de 6,9%, o Norte, de 6%, o Centro-Oeste de 6% e o Nordeste de 5,5%.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895