capa

RS avança nas tratativas por investimento milionário no Porto de Rio Grande

Governo do Estado deseja expandir operações no local em parceria com a empresa chilena Ultramar

Por
Lucas Rivas

Leite discutiu possibilidades em reunião com dirigentes da Ultramar

publicidade

O governador Eduardo Leite costura um investimento milionário de aproximadamente R$ 400 milhões com a empresa chilena Ultramar para expandir as operações do Porto de Rio Grande, na metade Sul. As tratativas avançaram após reunião da comitiva gaúcha com investidores chilenos, em Santiago, nesta quarta-feira.

O empreendimento visa construir um “mini-porto” no complexo portuário de Rio Grande para escoar a produção de madeira de celulose, confirmou Eduardo Leite. “A Ultramar já opera e se dispõe a expandir as operações. Estamos estudando as melhores condições de oferecer infraestrutura para garantir o escoamento da produção, tanto em toras de madeira, quanto em celulose fabricada no Rio Grande do Sul”, disse o governador.

As tratativas evoluíram, desde abril, quando Leite esteve reunido com o sócio-presidente da empresa, Richard von Appen, discutindo a possibilidade de investimentos no setor portuário gaúcho, em encontro realizado no Palácio Piratini. Na ocasião, o executivo já tinha tornado público o interesse de investir no RS e relatou experiências positivas firmadas entre o Chile o Rio Grande do Sul no passado.

De forma significativa, a Ultramar atua nos principais terminais marítimos, aéreos e terrestres do Chile e permanece em constante expansão em diferentes pontos da América Latina. Consolidado como o terminal do Conesul, o Porto do Rio Grande é considerado o segundo mais importante terminal portuário do país para o desenvolvimento do comércio internacional brasileiro.