Salgado Filho tem 14 voos da Avianca Brasil cancelados nesta segunda-feira

Salgado Filho tem 14 voos da Avianca Brasil cancelados nesta segunda-feira

Empresa deixou de operar no terminal da capital gaúcha desde esta manhã

Felipe Samuel

Avianca enfrenta forte crise e busca alternativas para manter funcionamento

publicidade

O primeiro dia de operações do Aeroporto Internacional Salgado Filho sem a operação das aeronaves da Avianca Brasil foi marcado por problemas pontuais. Nesta segunda-feira, 14 voos da empresa – que realizava voos diários no aeroporto – foram cancelados. Até 8 de maio, a empresa tinha 141 voos programados na cidade. À tarde, usuários que tinham passagens compradas com a operadora chegavam com bastante antecedência para buscar informações no balcão de embarque da companhia. 

Mauriscir Antunes de Souza veio com a família de Natal para passar cinco dias em Gramado. Com a esposa Lidia, filhos, netos e nora, ele chegou com quatro horas de antecedência para buscar informações junto à companhia. Apesar do imprevisto, Souza garante que não houve maiores problemas: "Está tudo dentro do previsto para gente. Não estragou as nossas férias, até agora foi bem tranquilo. Não sei mais tarde, mas até agora foi tranquilo", reconhece.

Em São Paulo, a família Souza desembarcou no aeroporto de Guarulhos, de onde partiram em um carro de aplicativo – custeado pela Avianca Brasil – para se deslocar até o aeroporto de Congonhas. Mesmo apreensivos com o futuro da empresa, funcionários orientavam os passageiros sobre a necessidade de realocação em voos de outras companhias. O site da empresa orienta os usuários a chegar ao aeroporto  de partida com quatro horas de antecedência, para que o embarque seja organizado. Procurada, a assessoria de imprensa da Avianca não respondeu aos questionamentos da reportagem. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895