Seis de cada 10 contratações de 2021 foram para quem concluiu 2º grau

Seis de cada 10 contratações de 2021 foram para quem concluiu 2º grau

Trabalhadores que terminaram o ensino médio respondem por 161.336 das 260.353 vagas de trabalho abertas em janeiro

R7

Trabalhadores que terminaram o ensino médio respondem por por 61,97% do total

publicidade

As 260.353 vagas com carteira assinada abertas em janeiro ocorreram com o saldo de contratações maiores do que as demissões em todos os níveis de escolaridade, com destaques para aqueles profissionais com ensino médio completo.

Com 925.881 admissões e 764.545 demissões, a população que concluiu o segundo grau respondeu por 61,97% (161.336) do total de postos de trabalhos criados no mês, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Entre aqueles contratados com o ensino médio completo, 44,47% tinha entre 18 e 24 anos (71.746). Na sequência, aparecem aqueles com idade entre 30 e 19 anos (36.162), 40 e 49 anos (24.433) e 25 e 29 anos (21.551). Assim como na situação global do mercado de trabalho em janeiro, os únicos profissionais com o ensino médio completo mais contratados do que demitidos foram aqueles com mais de 65 anos (-1.547 postos).

Na análise por gênero, os homens responderam por dois em cada três postos (66%) de trabalho disponibilizados em janeiro, com 106.441 contratações com carteira assinada, contra 54.896 admissões de profissionais do sexo feminino. 

Em menor nível, também conquistaram vagas de trabalho formais os trabalhadores com ensino superior completo (24.404), fundamental incompleto (20.957), fundamental completo (20.412) e médio incompleto (19.838). Houve ainda mais contratações do que demissões em janeiro para quem não concluiu o ensino superior (13.208) e aos analfabetos (198).


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895