capa

Taurus Armas faz acordo final para encerrar ação judicial na Flórida

Acordo preliminar gerava impacto financeiro em US$ 7,1 milhões do patrimônio líquido

Por
AE

Medida minimiza impactos financeiros e possibilita estabilidade econômica à gestão

publicidade

A Taurus Armas afirma que chegou a acordo final sobre a ação movida por acionistas nos Estados Unidos, e que o próximo passo é a homologação pela corte americana. Na última sexta-feira, foi firmado o acordo final para pôr fim à ação judicial proposta no U.S. District Court for the Southern District of Florida por William Burrow, Oma Louise Burrow, Suzanne M. Bedwell e Ernest D.

Bedwell contra a Taurus e sua controlada Braztech International L.C., relacionada a supostos defeitos apresentados em determinados modelos de revólveres da marca Rossi. "A administração da Taurus entende que a celebração deste acordo é a medida mais eficaz para minimizar impactos financeiros à Companhia, e dar mais estabilidade à gestão. Esta decisão corrobora com o processo de reestruturação que a empresa está vivendo, buscando rentabilidade sustentável e melhora dos indicadores financeiros e operacionais", diz a nota enviada nesta segunda ao mercado.

Antes, em janeiro, quando anunciou acordo preliminar para encerrar a ação, a companhia dizia que poderia haver reconhecimento de um efeito negativo em suas demonstrações financeiras, caso celebrado documento definitivo, que iria afetar o patrimônio líquido entre US$ 7,1 milhões de dólares e US$ 7,9 milhões, referente a custas processuais, indenizações e honorários dos advogados dos autores.