Educação Infantil retorna com aulas semipresenciais em São Leopoldo

Educação Infantil retorna com aulas semipresenciais em São Leopoldo

Inicialmente, a carga horária presencial será de três horas diárias e uma hora de atividade diária complementar

Stephany Sander

Na disponibilização das salas, a capacidade máxima é de até 50% dos estudantes

publicidade

A terça-feira foi marcada pelo retorno dos alunos da Educação Infantil da rede municipal de São Leopoldo. As aulas estão ocorrendo de forma semipresencial, alternando entre uma semana presencial na escola e outra pelas plataformas ou atividades impressas. Inicialmente, a carga horária presencial será de três horas diárias e uma hora de atividade diária complementar. 

As aulas presenciais seguem os protocolos sanitários, com a disponibilização de álcool em gel, aferição de temperatura, demarcação dos espaços, uso de máscaras de proteção e distanciamento em todos os ambientes, garantindo a segurança de alunos, professores e funcionários. Na disponibilização das salas, a capacidade máxima é de até 50% dos estudantes. Além disso, os funcionários desta etapa escolar já se encontram vacinados contra a Covid-19. 

A Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Rui Barbosa, localizada no bairro Vicentina, foi uma das instituições de ensino que retornou com as atividades. Durante esta semana, a escola contará com a presença de 43 alunos, intercalando entre 3 grupos neste período de adaptação. 

Ao todo, a escola conta com 200 alunos de educação infantil. Na próxima segunda-feira, 9 de agosto, retornam os educadores dos 1º e 2º anos e os estudantes no dia seguinte, 10. Em 16 de agosto, é a vez dos professores de 3º, 4º e 5º anos, e respectivos estudantes no dia 17. 

Veja Também


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895