Em nova debandada, 34 cientistas da Capes pedem demissão coletiva

Em nova debandada, 34 cientistas da Capes pedem demissão coletiva

Desde novembro, 114 pesquisadores das áreas de matemática, física, química e engenharias pediram demissão do órgão

Em nova debandada, 34 cientistas da Capes pedem demissão coletiva

publicidade

Trinta e quatro pesquisadores que atuam na avaliação da área de engenharias da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), vinculada ao MEC (Ministério da Educação), abandonaram os cargos nessa terça-feira. Eles se juntam aos cientistas que renunciaram coletivamente em novembro e dezembro: 52 da área de matemática e física, e 28 da área de química. Ao todo, já são 114 demissões.

A Capes é uma agência de fomento à pesquisa, ligada ao Ministério da Educação (MEC), que tem como missão avaliar os cursos de pós-graduação no Brasil. Desde abril deste ano, é presidida pela reitora do Centro Universitário de Bauru, Claudia Mansani Queda de Toledo.

A falta de diálogo com a presidência da Capes e o pouco compromisso desta com a principal avaliação conduzida pela instituição: a avaliação quadrienal, que periodicamente confere a qualidade dos cursos de pós no País estão na lista insatisfações dos integrantes da agência. Também foi reclamado que o processo para a abertura de novos cursos de pós-graduação tenha caminhado antes que a avaliação dos cursos já existentes possa ser retomada.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895