Escolas de Porto Alegre registram 39 casos de Covid-19 em três semanas

Escolas de Porto Alegre registram 39 casos de Covid-19 em três semanas

Dados acumulados foram divulgados nesta terça-feira pelas Secretarias da Educação e da Saúde

Correio do Povo / Rádio Guaíba

Análise foi feita em 254 instituições de ensino, que solicitaram exames em 138 funcionários, 83 alunos e 69 professores

publicidade

As secretarias municipais de Saúde (SMS) e de Educação (Smed) divulgaram, nesta terça-feira, o primeiro boletim semanal com dados do monitoramento das instituições de ensino, reabertas presencialmente a partir de 5 de outubro em Porto Alegre. Incluindo dados acumulados de três semanas, o relatório mostra que 39 pessoas deram positivo para o coronavírus, desde então, de um total de cerca de 10 mil alunos, funcionários e professores.

Na semana mais recente, entre 11 e 17 de outubro, 254 instituições de ensino, entre particulares, comunitárias e públicas municipais e federal, reportaram que 138 funcionários, 83 alunos e 69 professores foram encaminhados a testagem para a Covid-19. Dessas 290 pessoas, 157 tiveram diagnóstico negativo e 17 positivo (90% delas funcionários e professores).

Outras 92 seguem esperando resultado e 24 casos envolveram recusa de coleta – quando a escola não obtém autorização formal dos responsáveis para testar o aluno. Nesses casos, a orientação é que ele seja levado a um posto da rede municipal ou fique ao menos dez dias afastado. Nos 14 dias anteriores, foram mais 22 testes positivos, cinco deles na primeira semana e 17 na segunda.

Nos primeiros 21 dias da análise, os casos foram identificados em 18 professores, 16 funcionários e três alunos. O relatório detalha, ainda, que o índice de alunos infectados, na terceira semana, era de 0,03%. Já o de professores e funcionários era de 0,37%.

Entre as medidas estabelecidas na volta às aulas, uma prevê que os casos suspeitos sejam encaminhados para testagem e que, quando positivos, o exame seja estendido a todos com quem a pessoa teve contato. A notificação é obrigatória para a checagem de eventuais surtos de Covid.19.

Veja Também


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895