Escolas de quatro regiões gaúchas devem suspender ensino presencial

Escolas de quatro regiões gaúchas devem suspender ensino presencial

Medida vale para as áreas de Novo Hamburgo, Canoas, Ijuí e Capão da Canoa, que ficaram duas semanas seguidas com alto risco de contágio

Rádio Guaíba

Manutenção das atividades presenciais não precisa ser interrompida caso a região fique uma semana em bandeira vermelha

publicidade

Pela segunda semana consecutiva com bandeira vermelha no mapa de risco para a Covid-19, as regiões de Novo Hamburgo, Canoas, Ijuí e Capão da Canoa devem suspender o ensino presencial ou adiar o retorno das aulas, em escolas privadas e públicas, a partir desta terça-feira.

Conforme regra definida na semana passada, a manutenção das atividades presenciais não precisa ser interrompida caso a região fique uma semana em bandeira vermelha, como era feito até então. É necessário que isso se repita, na semana seguinte, para que as escolas não possam abrir ou, se já abertas, fechem.

Veja Também

O Estado lembra, ainda, que eventos de grande porte só podem ocorrer em municípios que já autorizarem o processo de retomada escolar. A condição é estabelecida como forma de elencar as prioridades em meio à retomada de atividades.

Em 8 de setembro, escolas de Educação Infantil retomaram o ensino presencial. No dia 21 de setembro, foram as instituições de Ensino Superior, Ensino Médio e Ensino Técnico, e no dia 28 de outubro, as de Ensino Fundamental em escolas municipais e particulares. O Ensino Médio estadual iniciou o retorno em 20 de outubro e, no dia 12 de novembro, voltou o Ensino Fundamental.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895