Governo apresenta nova plataforma preparatória ao Enem para alunos da rede pública do RS

Governo apresenta nova plataforma preparatória ao Enem para alunos da rede pública do RS

Ferramenta gratuita deverá ser implantada dentro da plataforma Google For Education em 24 de julho

Correio do Povo

Nova ferramenta foi anunciada pelo governador Eduardo Leite nesta quinta-feira

publicidade

O ensino à distância da rede pública de educação do Rio Grande do Sul vai passar a contar com um novo programa de conteúdos preparatórios para o Enem, o “Resolve Sim”. A nova plataforma, que será integrada dentro da ferramenta "Google For Education" – já usada no ensino público remoto no Estado – será gratuita, sem limites de acesso ao conteúdo, e direcionada aos estudantes que estão se preparando para o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem), que ocorrerá em 17 e 24 de janeiro de 2021. A previsão para a implementação da plataforma é em 24 de julho. 

A novidade foi anunciada por videoconferência, nesta quinta-feira, pelo governador Eduardo Leite, com a presença do secretário de Educação Faisal Karam e do apresentador de TV Luciano Huck, que também é fundador do Instituto Criar, uma das entidades idealizadoras da plataforma preparatória para o Enem. 

“Sabemos das dificuldades do nossos alunos do ensino, na rede pública principalmente, e estamos trabalhando em alternativas de reforço com as aulas no Google Classroom”, disse o governador ao anunciar a novidade. Leite ainda lembrou que o Rio Grande do Sul foi o primeiro colocado, na relação de escolas estaduais, no ranking nacional de notas do Enem 2019. O conteúdo deve chegar para 235 mil estudantes da rede pública, sendo 66 mil integrantes do Ensino Médio. 

O novo serviço deve servir, segundo o governador, como um reforço às aulas diárias Pré-Enem transmitidas pela TVE. Paralelo às alternativas, o governo do Estado mantém aberta uma consulta pública direcionada às entidades gaúchas representativas nas áreas de Educação, Saúde e Assistência Social. Por meio de um formulário eletrônico, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) busca a ajuda para montar um calendário de retorno presencial, por etapas, do ensino público e privado do RS.

“Nós dialogamos para construir soluções” afirmou Leite dizendo que o levantamento de projeções deve medir o quanto o retorno às escolas deve impactar na velocidade do coronavírus no território gaúcho. "O que a gente quer é achar uma solução coletiva e colaborativa para dar os próximos passos. Até 12 de julho vamos receber as sugestões. Já recebemos 638 respostas e nós queremos garantir que tenhamos a maior participação possível”, apontou o chefe do Estado ao reforçar que ao todo são 1.520 entidades participando da consulta. 

"A pandemia veio acelerar o processo de digitalização da educação"

Durante o anúncio da nova plataforma, nesta quinta-feira, o apresentador de TV Luciano Huck falou por videoconferência de como a pandemia está impactando na aceleração da digitalização na educação.

Durante a videoconferência, transmitida nas redes sociais, o secretário de Educação afirmou que a "Resolve Sim" é uma possibilidade de o Estado avançar na educação. Segundo Faisal Karam, a plataforma é uma "garantia de que o Estado seguirá evoluindo em questões pedagógicas e de aprendizados formando alunos e de maior qualidade."

Confira a coletiva:

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895