Governo oferece auxílio a alunos em situação de vulnerabilidade

Governo oferece auxílio a alunos em situação de vulnerabilidade

Serão oferecidas mais mil bolsas com o objetivo de contribuir para permanência e diplomação dos estudantes beneficiados

R7

publicidade

O Ministério da Educação publicou nesta sexta-feira uma portaria que determina a oferta de 1 mil novas bolsas para o Programa de Bolsa Permanência (PBP) e a aprovação do cadastro no Sistema de Gestão do benefício. 

O programa é voltado para a concessão de auxílio financeiro aos estudantes, sobretudo, os alunos quilombolas, indígenas e àqueles em situação de vulnerabilidade socioeconômica matriculados em instituições federais de ensino superior.

De acordo com o ministério, o recurso é pago diretamente aos estudantes de graduação por meio de um cartão do benefício. O objetivo é contribuir que os alunos sigam estudando e sejam diplomados.

As mudanças valem para estudantes que se inscreveram no programa no período de 24 de janeiro a 28 de fevereiro deste ano. O prazo para análise da documentação de elegibilidade do estudante foi reaberto. A análise será feita pelas instituições federais de ensino superior, no período de 14 de julho a 31 de julho de 2022. 




Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895