Ministério da Economia autoriza aporte de R$ 500 milhões ao fundo garantidor do Fies
capa

Ministério da Economia autoriza aporte de R$ 500 milhões ao fundo garantidor do Fies

Entidade contará com recursos das mantenedoras de instituições que aderirem ao programa

Por
AE

Guedes autorizou integralização de R$ 500 milhões ao FG-Fies

publicidade

O ministro da Economia, Paulo Guedes, autorizou a integralização de cotas pela União no Fundo Garantidor do Fundo de Financiamento Estudantil (FG-Fies) no montante de R$ 500 milhões. A portaria com o aval está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira.

O FG-Fies foi instituído pela Lei do Novo Fies (Lei 13.530/2017) e regulamentado por decreto presidencial em março passado. Pelas normas, a União está autorizada a integralizar cotas do FG-Fies no montante de R$ 3 bilhões, de acordo com as disponibilidades orçamentárias e financeiras anuais.

O fundo também contará com recursos das mantenedoras de instituições de ensino que aderirem ao Fies. No ano passado, o então Ministério da Fazenda já havia autorizado um primeiro aporte de R$ 500 milhões ao fundo.