Na véspera do segundo dia do Enem 2021, saiba o que é permitido levar ao local de prova

Na véspera do segundo dia do Enem 2021, saiba o que é permitido levar ao local de prova

Além do documento oficial de identificação com foto e da caneta transparente com tinta preta, o uso de máscara é item obrigatório

Karla Dunder/R7

O uso de máscara é item obrigatório

publicidade

À véspera do segundo dia do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) os participantes devem separar o material necessário para a prova e deixar os documentos a mão. Neste domingo, os estudantes responderão a 90 questões de múltipla escolha de matemática e ciências da natureza (Química, Física e Biologia).

Neste ano, assim como na primeira prova do exame, além do documento oficial de identificação com foto e da caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente, a máscara de proteção facial é item obrigatório.

Durante todo o período em que estiverem no local de prova, os participantes deverão usar máscara cobrindo o nariz e a boca. Vale levar máscara reserva caso seja necessário trocar. Nos locais de prova haverá álcool em gel para a higienização das mãos, mas é permitido levar o produto também.

Assim como no último domingo, os participantes devem apresentar os documentos originais, com foto. Não são aceitos documentos digitais. Entre as identificações aceitas estão a carteira de identidade, a CNH (carteira nacional de habilitação), o passaporte e a carteira de trabalho, emitida após 27 de janeiro de 1997.

A caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente, é item obrigatório para todos.

Como se trata de uma prova longa, o candidato também pode levar lanche e água e/ou outras bebidas, com exceção de bebidas alcoólicas, que não são permitidas e podem levar à eliminação do candidato.

Uma dica do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) é levar, no dia do exame, o cartão de confirmação da inscrição. Nele está, entre outras informações, o local de prova.

Em caso de comprovação de participação no Enem, os estudantes podem, também na Página do Participante, imprimir a Declaração de Comparecimento para cada dia de prova, informando o CPF e a senha. A declaração deve ser apresentada ao aplicador na porta da sala em cada dia. Ela serve, por exemplo, para justificar a falta ao trabalho.

Saiba o que é proibido

Os candidatos não podem portar, durante o exame, nenhum dispositivo eletrônico, como telefone celular, smartphone, tablet, wearable tech, máquina calculadora, agenda eletrônica e/ou similar, iPod, gravador, pen drive, MP3 e/ou similar; alarmes, chaves com alarme ou com qualquer outro componente eletrônico.

Também não podem ter em mãos fones de ouvido e/ou qualquer transmissor, gravador e/ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens. São ainda itens proibidos óculos escuros e artigos de chapelaria, como boné, chapéu, viseira, gorro ou similares; caneta de material não transparente, lápis, lapiseira, borracha, régua, corretivo, livros, manuais, impressos, anotações; protetor auricular; e relógio de qualquer tipo.

Caso o estudante leve esses objetos, deve colocá-los dentro do envelope porta-objetos fornecido pelo aplicador ao ingressar na sala de provas. A Declaração de Comparecimento também deve ser colocada dentro do envelope. O envelope deve ser lacrado e identificado, desde o ingresso na sala de provas até a saída definitiva do local.

Atenção ao celular: deve estar desligado. Qualquer emissão de sinal sonoro é motivo para desclassificação do estudante.

Enem 2021

No primeiro dia de prova, segundo informações do Inep, 26% dos inscritos não compareceram ao exame. Neste domingo (28), os candidatos encaram uma maratona de cinco horas de prova para responder a 90 questões relacionadas à ciências da natureza e matemática e suas tecnologias.

O Enem é a principal porta de entrada para as universidades públicas no Brasil pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada), para bolsas em instituições privadas, pelo Prouni (Programa Universidade para Todos), e serve de parâmetro para o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Os resultados também podem ser usados para ingressar em instituições de ensino portuguesas que têm convênio com o Inep.



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895