Novo reitor da Ufrgs se reúne nesta semana com diretores de faculdades

Novo reitor da Ufrgs se reúne nesta semana com diretores de faculdades

Por orientação do Ministério da Educação, transmissão do cargo acontecerá em cerimônia virtual

Aristoteles Junior / Rádio Guaíba

Carlos André Bulhões Mendes ainda não tem uma data para tomar posse no cargo

publicidade

Nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro como novo reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) na última quarta-feira, Carlos André Bulhões Mendes ainda não tem uma data para tomar posse no cargo. Mesmo assim, a agenda do professor, que atuava no Instituto de Pesquisas Hidráulicas, será cheia ao longo de toda a semana.

Até a próxima sexta-feira, ele pretende se reunir com todos os 29 diretores das faculdades que fazem parte da Universidade, além de se encontrar com os reitores de outras instituições e representações políticas. Já a cerimônia de transmissão do cargo, até então ocupado por Rui Vicente Oppermann, deve ser acertada nos próximos dias.

Por orientação do Ministério da Educação, a posse será virtual. O mandato de Bulhões é de quatro anos e dividiu opiniões na comunidade acadêmica, já que o professor foi o terceiro, e último, colocado na consulta realizada entre os demais educadores e alunos da Ufrgs. Os estudantes chegaram a protestar contra a nomeação dele na semana passada.

O principal articulador da escolha, que contrariou a lista tríplice indicada pela Universidade, foi o deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS). O parlamentar sugeriu o nome de Carlos Bulhões para o presidente Bolsonaro e o ministro da Educação, Milton Ribeiro, em Brasília. A professora Patrícia Helena Lucas Pranke será a vice-reitora na gestão.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895