Prefeitura de Porto Alegre publica decreto com protocolos para aulas presenciais

Prefeitura de Porto Alegre publica decreto com protocolos para aulas presenciais

Entre as principais regras estão o distanciamento mínimo de 1 metro entre as pessoas em ambientes fechados e o uso obrigatório de máscara

Correio do Povo

Retorno obrigatório às escolas teve início nesta segunda-feira em Porto Alegre

publicidade

A Prefeitura de Porto Alegre publicou nesta segunda-feira o decreto municipal com ajustes de protocolos para a retomada das aulas presenciais na Capital.

De acordo com o decreto 21.230, as principais regras que deverão ser seguidas nas escolas são o distanciamento mínimo de 1 metro entre as pessoas em ambientes fechados, exceto para Educação Infantil, o uso obrigatório de máscara para pessoas acima de 12 anos de idade, a higienização constante das mãos e a ventilação nos ambientes. 

Segundo o decreto municipal, as instituições de ensino que não puderem garantir o distanciamento mínimo - devido ao tamanho do espaço físico - poderão adotar o sistema de revezamento. As escolas que seguirem esse modelo deverão enviar as atividades impressas para os dias e horários em que os alunos não estiverem presencialmente.

Veja Também

De acordo com o que determina o decreto estadual, publicado no fim de outubro, ensino presencial será obrigatório na Educação Básica - educação infantil, ensino fundamental e ensino médio - nas redes públicas e privadas.

O regime remoto ou híbrido permanece somente para alunos que apresentarem atestado médico que comprove que não podem retornar integral ou parcialmente às aulas presenciais.



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895