Professores do IPA iniciam greve por tempo indeterminado
capa

Professores do IPA iniciam greve por tempo indeterminado

Paralisação de atividades ocorre por atraso do pagamento de salários, 13º salário e o 1/3 de férias

Por
Correio do Povo

publicidade

Os professores do Centro Universitário Metodista (IPA) decidiram em Assembleia, no final da tarde dessa segunda-feira, pela paralisação das atividades docentes, por tempo indeterminado, a partir desta terça-feira. A categoria reivindica o atraso no pagamento dos salários dos meses de novembro (78 docentes) e dezembro, assim como 13º e 1/3 das férias para todos os professores.

Segundo o Sindicato dos Professores do Ensino Privado do Estado (Sinpro/RS), o retorno das atividades está condicionado ao pagamento dos salários de novembro e 1/3 de férias para todos os docentes, sendo que as demais pendências serão negociadas em audiência marcada para 11 de março, na 29ª Vara do Trabalho, em Porto Alegre. Segundo a diretora do Sinpro/RS, Margot Andras, a paralisação representa "um ato de protesto e inconformidade com o desrespeito recorrente da instituição com os seus professores.”