Simpa decide pela suspensão da greve sanitária na Educação em Porto Alegre

Simpa decide pela suspensão da greve sanitária na Educação em Porto Alegre

Medida ocorreu em assembleia virtual na tarde desta sexta-feira

Correio do Povo

Decisão ocorreu em assembleia virtual nesta sexta-feira

publicidade

A assembleia geral do Simpa decidiu, nesta sexta-feira, pela suspensão da greve sanitária na educação de Porto Alegre. A medida foi tomada após encontro de forma online. 

Apesar da decisão, o Simpa e as demais comissões do Legislativo, além das entidades ligadas à educação, irão continuar as visitas para verificar as condições sanitárias das escolas. A entidade afirma, ainda, que irá manter a campanha #EscolasFechadasVidasPreservadas, com o objetivo de fortalecer as comunidades escolares.

A questão se arrasta há semanas, desde a decisão da prefeitura de retornar às atividades presenciais na educação em Porto Alegre. A categoria alega não haver condições sanitárias para garantir a segurança da comunidade escolar. 

Na quarta-feira, a Justiça determinou que os professores retornem às atividades. Na ocasião, a entidade afirmou que iria recorrer da decisão.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895