Times Higher Education coloca Ufrgs entre as melhores universidades do Brasil

Times Higher Education coloca Ufrgs entre as melhores universidades do Brasil

Ufpel e PUC-RS ocupam o ranking global entre as mil melhores universidades do mundo

Por
Correio do Povo

O período letivo 2020/1 será concluído no dia 9 de dezembro


publicidade

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul foi apontada, nesta quarta-feira, pela consultoria britânica Times Higher Education (THE) entre as melhores universidade do Brasil. A Ufrgs ocupa a faixa de posição entre 601 e 800 na listagem geral, mesma do levantamento anterior, permanecendo na terceira posição entre as universidades brasileiras, atrás da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

A Universidade Federal de Pelotas (Ufpel) e a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), também ocupam o ranking global, sendo as duas na faixa das 801-1000 melhores. Já no destaque das 2 mil melhores instituições de ensino, estão a Universidade de Caxias do Sul (UCS), a Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA), a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e a Unisinos.

Dentre os itens avaliados pela consultoria, a Instituição se destaca pela progressiva inserção da Universidade em redes internacionais de pesquisa e a relevância do trabalho realizado. O indicador de internacionalização apresentou um pequeno aumento, que corresponde a um reflexo direto da participação de co-autores internacionais em suas publicações.

Para o reitor Rui Vicente Oppermann, a Ufrgs “recebe essa notícia com muita satisfação em meio às restrições orçamentárias e às cobranças sobre o papel das universidades federais para o País. A atuação das Ufrgs diante da crise sanitária reforçou esse papel de contribuição para a ciência e para a sociedade. Aparecer no ranking como uma das melhores brasileiras é resultado do trabalho de nossos professores, pesquisadores, técnicos e estudantes da graduação e da pós-graduação”.


O levantamento THE das melhores universidades do mundo é realizado anualmente e em 2021 avaliou 1.527 instituições de 93 países, sendo 52 universidades brasileiras. São considerados 13 indicadores que medem o desempenho das instituições em cinco áreas: ensino, pesquisa, citações, transferência de conhecimento e internacionalização.