Ufrgs aprova uso de notas anteriores do Enem e do vestibular para ingresso na universidade em 2021

Ufrgs aprova uso de notas anteriores do Enem e do vestibular para ingresso na universidade em 2021

Decisão foi tomada após reunião do Conselho Universitário nesta sexta

Correio do Povo

Ufrgs aprova uso de notas anteriores do Enem e do vestibular para ingresso na universidade em 2021

publicidade

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) aprovou nesta sexta-feira a alteração nas formas de ingresso nos cursos de graduação para as 3.980 vagas reservadas do vestibular 2021. De acordo com a decisão do Conselho Universitário (Consun), os candidatos poderão usar notas anteriores do Enem e de concursos da academia de 2017 a 2020 para ingresso na instituição em 2021. 

Conforme o Consun da Ufrgs, será utilizada a melhor nota entre todas as provas realizadas, após a ponderação para o curso escolhido. O próximo vestibular da universidade está previsto para ocorrer no segundo semestre, se as condições sanitárias permitirem. O prazo de publicação do edital é para no mínimo cinco meses antes do início do segundo semestre letivo. 

A Ufrgs leva em consideração o cenário da pandemia do coronavírus no Rio Grande do Sul para o ingresso de vagas apenas em 2021. Novas informações sobre o assunto ainda serão publicadas. A partir do número do CPF do candidato, a universidade poderá coletar as notas disponíveis e fará um recálculo para identificar o melhor conceito de cada estudante. 

Serão desconsideradas eventuais ausências, desqualificações pela falta de nota mínima ou inexistência de notas em algum ano, como forma de não prejudicar o candidato. No caso do Enem, seguirá o mesmo índice mínimo de 450 pontos nas provas objetivas e 500 na redação. 

Ingresso em 2021/2 

A reserva do prazo de cinco meses de antecedência do início do semestre para a divulgação do edital do vestibular foi definido com o intuito de oferecer ao menos uma modalidade de ingesso aos candidatos sem nota anterior no Enem ou no concurso promovido pela universidade. 

Na impossibilidade de realização do vestibular no segundo semestre, a Ufrgs aprovou o uso do mesmo sistema já aprovado para 2021/1. A partir dessa definição, o Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) divulgará o Calendário Escolar 2021. A universidade alertou que, em função da pandemia, o semestre 2020/2 termina apenas em 29 de maio.

A instituição reforçou que permanecem as reservas de vagas para as ações afirmativas, destinadas exclusivamente aos egressos do sistema público de Ensino Médio.

Veja Também


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895