UNE e Ubes pedem ao MEC adiamento do Enem

UNE e Ubes pedem ao MEC adiamento do Enem

Entidades estudantis apontam que a manutenção do calendário de provas vai prejudicar estudantes menos favorecidos

Por
R7

Provas do Enem serão realizadas no mês de novembro


publicidade

A União Nacional do Estudantes (UNE) e a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) pedem ao MInistério da Educação (MEC) o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a principal porta de entrada de estudantes para as universidades brasileiras.

O MEC publicou nessa terça-feira o edital mantendo o calendário das provas, mesmo com o isolamento por causa da pandemia da Covid-19, causada pelo coronavírus. As provas escritas serão realizadas no mês de novembro.

Em nota, diante da suspensão de atividades de escolas e cursinhos, a UNE afirma que "é absurdo pensar que os estudantes estão em igualdade de condições nessa situação, e que atividades a distância poderiam solucionar o problema da suspensão das aulas. Muitos desses jovens sequer têm acesso às ferramentas necessárias para atividades virtuais, e mesmo que tivessem sabemos que o aproveitamento do ensino-aprendizagem fica fortemente em defasagem em relação às atividades presenciais."